• Ariane Sasso

BIM, cinco motivos práticos pra você mudar do CAD para BIM - Parte 3.


Nas duas primeira parte da série falando sobre BIM foram expostas a questão TEMPO, que na maioria das vezes é o grande chamariz para o mundo BIM; e na segunda parte sobre ENERGIA e ÁGUA, com uma rápida abordagem sobre as questão simulação em BIM.

Tudo isso apontando de forma incisiva para a construção sustentável e para o que eu entendo ser o próximo estágio da arquitetura e da construção civil, O Eficienticismo*.

fonte: graphisoft

Motivos 4 e 5:

Hoje a abordagem será sobre como usar a informação modelada, ou a informação do projeto para escolher MATERIAIS de construção, e como isso pode estar embasado nas informações como PEGADA DE CARBONO, PROCESSOS DE RECICLAGEM E CONSUMO DE RECURSOS.

Acompanhe!

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que BIM é um X-TUDO da tecnologia da informação. A modelagem é apenas a representação visual desse X-TUDO. Claro que quanto mais apetitoso melhor, e mais convincente... entretanto você não vai deixar de levar em conta os ingredientes que estão descritos no cardápio. Você não pediria um X-TUDO temperado com arsênico, mesmo que a imagem do X-TUDO no cardápio fosse a mais perfeita e organizada de todas.

Essa alusão é apenas para deixar claro que muitas das informações modeladas em ferramenta BIM estão nos "cardápios" de cada elemento, ou seja, nas informações que são inerentes daquele elemento e que foram repassadas (informadas) no momento da sua criação. As configurações precisam trazer as informações mais importantes de cada elemento, e aquelas que podem fazer com que você diga sim, ou não àquele produto.

fonte: capturas de tela da autora.

Veja o exemplo desse modelo: um produto real, disponível no site BIMobject¹. Uma parede cortina (cortina de vidro, ou painel cortina, ou curtain wall).

Esta é uma parede de vidro, sim, mas de segurança conta incêndio e pânico, como destacou o fabricante que disponibilizou essas informações sobre o seu produto.

fonte: capturas de tela da autora.

Além das informações padrão sobre a composição desse tipo de parede cortina, como o tipo de perfil de montagem, o tipo de painel de fechamento, as dimensões... o fabricante disponibiliza informações da propriedade qualitativa da parede: "SG Fireframe Curtainwall, 60-90 Minute Fire-Rate".

E ainda disponibiliza nas informações do seu produto a página web para maiores informações sobre o material.

fonte: capturas de tela da autora.

Perceba que o material modelado para BIM é o objeto a ser modelado na construção, e ainda um transmissor de informações sobre a capacidade e a personalidade do fabricante.

fonte: capturas de tela da autora.

Voltando ao primeiro quadro quero chamar atenção para as informações Green Building, que são de fato o propósito dessa postagem.

O fabricante aponta sobre o link ecoScorecard - "é uma ferramenta baseada na web que ajuda arquitetos e designers medindo o impacto ambiental de produtos e materiais."²

Além disso ele apresenta as porcentagens de materiais recicláveis utilizados na sua produção e resultante após seu descarte.

E por último oferece uma opção para quem fará a modelagem da construção com esse produto de como colocá-lo em programa de reciclagem adotado pela empresa, construtora, ou incorporadora, ou não.

Quero chamar atenção para esse ponto!!!

Essa informação já está disponibilizada pelo fabricante em outras plataformas e meios eletrônicos. E não são informações que aparecerão modeladas nos 3Ds e vistas ortogonais dos projetos. Então por que inseri-las nas propriedades construtivas do elemento modelado?

Porque isso agiliza, MUITO, o processo de tomada de decisão na construção!

Assim como essas informações, outras relacionadas a critérios de sustentabilidade precisam ser inseridas nos produtos disponibilizados para plataforma BIM com urgência!

Por exemplo: os fabricantes de móveis, portas e janelas de madeira, precisam informar se o produto já é LEED, ou não. Caso não sejam informar sobre a utilização de formaldeídos, benzeno, ou tolueno (COVs). E isso seria um diferencial na escolha do produto para quem busca acreditação LEED em qualidade do ambiente interno.

Quanto de carbono foi lançado na atmosfera na produção dessa esquadria? E desse vidro de proteção solar?

Qual a necessidade energética para produzir esse sistema de vedação?

Quanta água foi gasta na produção dessas telhas sanduíches??? Houve algum tipo de compensação?

Qual a compensação que essa empresa de granito realizou na produção de suas chapas?

Qual é a certificação desta empresa produtora de superfícies de quartzo? E a porcentagem de material reciclado?

Qual a expectativa de vida desse piso elevado?

Alguém está acreditando o que esse fornecedor me diz? (cuidado com o greenwashing!!!)

Inserir as informações sobre sustentabilidade nos produtos modelados ainda é novidade e diferencial, mas logo, logo isso será imprescindível na construção civil.

Com cada vez menos recursos disponível ter informação sobre os ciclos de vida dos produtos será fundamental para a decisão final sobre o que consumir.

Entende agora porque não há outra direção senão BIM + Construção Sustentável?

Pra fechar:

EFICIENTICISMO: já está aí.

BIM: todo mundo quer, mesmo sem saber o que é!

CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL: deixou de ser moda faz tempo. Virou tendência de respeito e vai eliminar as outras opções.

CAD: o sistema CAD, embora muitíssimo importante, e muito potente, tem outra filosofia!

DICA DA ARIANE:

Empresas: invistam na informação sobre ciclo de vida do seu produto!

Se o seu produto já possui o levantamento dessas informações, apresentá-las ainda na modelagem colocará sua marca anos-luz a frente da concorrência. Se os desenhos técnicos dos seus produtos só estão disponíveis em CAD e em PDF sua empresa está dando um SUPER bobeira!

DICA DA ESPECIALISTA:

Decidir na modelagem é muito mais eficiente. Não perca essa oportunidade de conquistar o seu cliente com Eficienticismo!

NÃO PERCA! ASSINE A NEWSLETTER E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO!

REPENSE!!!

Ser mais eficiente é obrigação da construção civil!

REDUZA!!!

Reduzir o consumo não é opção!

Gostou do post? Então compartilhe com os seus amigos.

Ainda tem dúvidas??? Entre em contato!!!

YT: Arianesas

FB: e53.arq

Insta: arq.ariane.e53

ariane@e53.arq.br

AbraSasso!!!

* EFICIENTICISMO - estilo construtivo e arquitetônico que terá obsessão pela eficiência e pela qualidade das construções, apoiada por certificações e selos referentes as capacidades e qualidades da construção em relação à sustentabilidade na construção civil. Definição da autora.

1. BIMobject: empresa com site que disponibiliza milhares objetos para construção civil modelados para plataforma BIM.

2. https://www.gaf.com/Other_Documents/Green_Roof_Central/ecoScorecard_Basics.pdf

Bibliografia e fonte de imagens:

https://www.gaf.com/Other_Documents/Green_Roof_Central/ecoScorecard_Basics.pdf

http://bimobject.com/pt

#eficiênciaenergética #sustentabilidade #estúdio53 #arianesasso #BIM #infromação #consumodeenergia #eficienticismo #conforto #água #energia #consumodeágua #equipamentoseconomizadoresdeágua #economiadeágua #PBEEdifica #LEED #certificação #produtosdeconstrução #ecoScorecard #reciclagem

estúdio53 arquitetura e eficiência/ Tel: 028-3542-1905 / contato@e53.arq.br / © 2019 por estúdio53

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now