• Ariane Sasso

PBE Edifica 1


​Vários motivos tornam a economia de energia imprescindível, pois a redução da demanda de energia elétrica permite "redução da necessidade de expansão do setor de produção de energia" (Pedrini, 2011).

Pode-se afirmar seguramente que a economia de energia ajuda a reduzir custos de investimentos e o impacto ambiental, além de outros benefícios:

  • "Redução dos custos operacionais do edifício através da redução das dimensões de equipamentos e infraestrutura;

  • Redução nos custos de manutenção, melhoria das condições de trabalho;

  • Aumento do valor do edifício e do retorno do investimento;

  • Melhoria da relação do edifício com a comunidade, como redução de ruídos e de descarga de calor dos sistemas de ar condicionado."(WORLDBUILD, 2001)

Por esse motivo, desde 1984, o Inmetro iniciou discussão sobre o assunto com a sociedade.

E em 1985 o Ministério de Minas e Energia e da Indústria e Comércio o criou Programa de Conservação de Energia Elétrica (PROCEL). Ou seja: em 84 já se sabia da necessidade de racionalizar energia.

Em 2001 passamos pela maior crise energética da nossa história o que resultou em 2003 na criação da Central Elétricas Brasileira (ELETOBRAS) e o Programa Nacional de Eficiência Energética em Edificações - PROCEL EDIFICA com finalidade de incentivar a conservação de recursos e uso eficiente da energia elétrica nas edificações.

Em 2005 o Inmetro passou a fazer parte desse processo com a criação da Comissão Técnica Edificações, discutindo e definindo o processo de obtenção da Etiqueta Nacional de Conservação (ENCE).

A partir daí, iniciaram-se os maiores avanços na área da eficiência energética de edificações, desenvolvendo-se, no âmbito do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), os Requisitos Técnicos da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética de Edifícios Comerciais, de Serviços e Públicos (RTQ-C) e o Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética de Edificações Residenciais (RTQ-R).

O RTQ-C tem como objetivo criar condições para a etiquetagem do nível de eficiência energética de edifícios comerciais, de serviços e públicos, especificando os requisitos técnicos a serem avaliados e os métodos para classificação de edificações quanto à eficiência energética, para obtenção da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE).

Tendo em vista que as edificações comercias, de serviços e públicas são responsáveis por mais de 22% do consumo de energia elétrica no Brasil, o programa tem uma importância estratégica para o país, visando a elaboração de projetos que valorizem soluções mais eficientes em termos de iluminação, ventilação, refrigeração, aquecimento e uso racional de água.

Publicada em 04 de junho de 2014, a Instrução Normativa nº 2 da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação, torna obrigatória a etiquetagem de edifícios públicos novos ou que passem por processo de retrofit.

Na nossa próxima postagem sobre PBE Edifica vamos aprofundar sobre a obrigatoriedade da etiquetagem de edifícios públicos.

Sem etiqueta nível A não tem recurso federal para obras públicas.

NÃO PERCA! ASSINE A NEWSLETTER E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO!

REPENSE!!!

Ser mais eficiente energeticamente, além de demonstrar mais comprometimento, é ser mais inteligente, e obrigatório para edifícios públicas.

REDUZA!!!

Reduzir o consumo é bom bom pra todos, inclusive pro bolso!

Gostou do post? Então compartilhe com os seus amigos.

Ainda tem dúvidas??? Entre em contato!!!

YT: Arianesas

FB: e53.arq

Insta: arq.ariane.e53

AbraSasso!!!

Bibliografia e fonte de imagens:

Ministério do Meio Ambiente. Guia Prático de Eficiência Energética, Brasília, 2014.

http://www.labeee.ufsc.br

http://cenergel.com.br/post.aspx?id=89&nome=a-eficiencia-energetica-em-edificios

www.pbeedifica.com.br/conhecendo-pbe-edifica

#pbeedifica #eficiênciaenergética #sustentabilidade #estúdio53 #arianesasso #inmetro #procel #programadeconservaçãodeenergia #eletrobras #ence #programabrasileirodeetiquetagem #consumoenergético #instruçãonormativanº2 #etiquetanívela #obraspúblicas #obrasfederais

estúdio53 arquitetura e eficiência/ Tel: 028-3542-1905 / contato@e53.arq.br / © 2019 por estúdio53

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now